Perguntas frequentes

Estão listadas algumas dúvidas comuns sobre nossas atividades. Nossos canais de atendimento estão sempre disponíveis para quaisquer informações ou dúvidas.

Não, a Hegard trabalha com aeroinspeção e inspeção tradicional. A Hegard não possuí autorização do Ministério da Defesa para a execução da atividade de aerolevantamento que, pela definição disponível nas orientações do site do DECEA, significa:

“Aerolevantamento é o conjunto das operações aéreas e/ou espaciais de medição, computação e registro de dados do terreno com o emprego de sensores e/ou equipamentos adequados, bem como a interpretação ou tradução dos dados levantados. O aerolevantamento constitui-se de uma fase aeroespacial, de captação e registro de dados da parte terrestre, aérea ou marítima do território nacional, e de uma fase decorrente de tratamento dos dados registrados.”

Esse serviço é fornecido de forma gratuita para clientes selecionados. São situações que enxergamos a existência de oportunidades para otimizar a aplicação de RPA. Para os demais clientes e para novos interessados, é enviado uma proposta comercial para este serviço. Neste caso, no final do trabalho, caso seja viável a contratação de nossos outros serviços e a empresa assim decidir, o Hegard Utter poderá ter o valor abatido ou até mesmo zerado.

 

 

Sim, atuamos neste ramo da indústria com acompanhamento de obra e inspeções de edifícios e demais construções. Caso necessite, temos parceiros qualificados e aptos a emitir laudos neste ramo de atividade com base dos dados coletados durante os trabalhos.

Sim, é possível realizá-las de forma segura. Em nossa visita identificaremos o melhor equipamento e as precauções de segurança necessárias. Vale ressaltar que a segurança do trabalho é nossa prioridade, não iremos nos propor a realizar nenhum serviço cujo o risco não possa ser anulado ou mitigado.

Conforme resolução da ANAC e DECEA, o voo não deve ser realizado sobre pessoas , residências ou empresas não anuente assim como se deve respeitar a distância mínima de instalações criticas (torres de transmissão, abastecimento de água, etc.) não pertencente a empresa contratante. Também deverão ser levado em consideração a condição de voo no dia, como ventos, chuvas fortes e etc. Para conhecer melhor a aplicabilidade em sua localidade, solicite-nos uma visita técnica.

S​im, porém são tratadas de duas formas tal situação: clientes que possuem contratos conosco e que incluem este tipo de atendimento são de total prioridade, outros casos nos esforçaremos para atender mas dependerá da disponibilidade de equipamentos. Devemos lembrar que para alguns específicos (e raros para o nosso seguimento) a autorização do voo pode levar até 20 dias para ser emitida.

Não, a HEGARD fornece serviços e a tecnologia desenvolvida internamente é apenas para uso próprio. No caso de interesse pelos equipamentos por nós utilizados, podemos recomendar algum de nossos parceiros para ajudá-lo na escolha e na aquisição dos equipamentos adequados.