Realizar a inspeção de cabos de aço é fundamental em diversos equipamentos em que esse recurso é utilizado.

Isso porque, em várias dessas circunstâncias, os cabos de aço são determinantes para a segurança das pessoas.

Realizar inspeções insatisfatórias pode ocasionar graves acidentes, com risco de mortes.

Nesse sentido, os drones são uma excelente ferramenta, visto que podem inspecionar visualmente cabos em lugares inacessíveis.

Para falar um pouco mais sobre isso, preparamos esse conteúdo, oferecendo também dicas de como realizar inspeções com drones. Confira!

A importância da inspeção de cabos de aço

Os cabos de aço são itens essenciais para o funcionamento de inúmeros equipamentos fundamentais.

Eles são largamente empregados, por exemplo, em elevadores de todos os tipos.

São utilizados ainda em torres de telecomunicação, pontes (suspensas, para travessia de pessoas, e rolantes, para transporte e levantamento de cargas) e passarelas.

Os cabos de aço são também cruciais para o funcionamento de equipamentos turísticos, como bondes e teleféricos.

Daí se pode depreender a importância dos cabos para a segurança das pessoas.

Por isso, realizar inspeções periódicas nesses itens é um procedimento fundamental para evitar acidentes.

Os cabos devem ser verificados já em seu recebimento, antes de sua instalação nos equipamentos a que se destinam.

Esse serviço deve ser realizado por profissionais especializados. Este deverá se certificar de que os cabos estão adequados para o uso.

Esse profissional deve ainda estabelecer a periodicidade com que devem ser avaliados e trocados.

Essa inspeção é criteriosa e baseia-se na observação dos requisitos legais do emprego dos cabos, tempo de serviço e do tipo de equipamento em que operam.

Antes dessa inspeção é realizada uma primeira, levada a cabo geralmente pelo almoxarife. Trata-se da inspeção de recebimento.

Nela, são verificados as características técnicas dos cabos, como diâmetro, comprimento, lubrificação, acabamento, resistência e a certificação de qualidade.

A inspeção realizada por profissionais habilitados ou por operários qualificados compreende a observação de outros aspectos.

Entre eles, podemos listar a existência de oxidação, amassamentos, danos por calor, deslocamentos de arames, arames partidos e deformações.

Inspeções em cabos de aço com drones

No entanto, em determinados contextos, pode ser muito arriscado fazer esse tipo de inspeção empregando mão de obra humana.

Estamos falando dos casos em que os cabos de aço são utilizados em alturas elevadas ou em outros lugares de difícil acesso.

Conforme já mencionado, cabos de aço podem ser empregados em pontes suspensas, elevadores e teleféricos.

Os drones podem alcançar esses locais em segurança. Assim, não é preciso colocar vidas humanas em risco.

Com uma câmera acoplada a sua estrutura, os drones podem conseguir imagens de excelente qualidade.

Com eles, pode-se capturar no detalhe problemas, defeitos e danos em diversos equipamentos e estruturas.

No caso dos cabos de aço, detalhes ínfimos, como arames partidos em pontes podem ser identificados por meio de fotos e filmagens com alto nível de precisão.

O acesso aos cabos é feito de forma segura e rápida. Ademais, a avaliação das imagens pode ser feita posteriormente.

Isso proporciona uma análise mais meticulosa e detida, o que não é possível em operações tradicionais envolvendo mão de obra humana.

Com o auxílio de drones de alta precisão, torna-se mais fácil o cumprimento das normas técnicas referentes ao uso de cabos de aço.

Algumas dicas básicas para realizar uma boa inspeção de cabos com drones

Embora possa não aparentar, se trata de um dos itens mais complexos de inspecionar com drone pois há a necessidade de visualizar os arames do cabo.

Não é incomum chegar relatos de empresas que contraram este serviço e não ficaram satisfeitas com o resultado.

Primeiramente, deve-se ter em mente que existem vários modelos de drones disponíveis no mercado.

Se o drone já vem equipado com câmera de fábrica, é necessário saber se esta corresponde às configurações necessárias para que se possa capturar as imagens dos cabos com nitidez.

O local em que o cado está posicionado deve ser levado em consideração, por exemplo, caixa de corrida do elevador, alto de uma ponte, um vão de passagem do teleférico e etc.

A bitola do cabo de aço influencia a escolha do equipamento, quando mais fino mais difícil será o serviço.

Além disso, o operador deve ser um profissional capacitado. Para isso, cursos já são oferecidos para inspetores de END e outros profissionais.

É importante escolher os horários do dia que tenham luz e condições climáticas adequadas.

Nesse artigo, apresentamos algumas dicas de como empregar drones na inspeção visual de cabos de aço. Falamos também da importância das inspeções de cabos para a segurança e funcionamento de diversos equipamentos.